Projeto Santa Cruz Novos Rumos passa a ser coordenado pela Assemp

Assembleia da Ascnor, realizada nesta quarta-feira, aprovou a dissolução da entidade

Santa Cruz do Sul (RS) – O Projeto Santa Cruz Novos Rumos, criado em abril de 2008 com o propósito de contribuir para o desenvolvimento econômico e social de Santa Cruz do Sul por 20 anos (2008/2028) passa a ser coordenado, a partir de abril de 2019, pela Associação de Entidades Empresariais de Santa Cruz do Sul (Assemp). Em Assembleia Geral Extraordinária, realizada nesta quarta-feira, 27, no Aquarius Hotel, os mantenedores da Associação Santa Cruz Novos Rumos (Ascnor) decidiram pela dissolução da entidade. “Chegou o momento de buscarmos uma maior sinergia, repassando as atividades do projeto para Assemp, que possui em sua estrutura administrativa uma vice-presidência de Desenvolvimento, que pode exercer as ações por nós desenvolvidas atualmente. Temos consciência do trabalho realizado até aqui e convicção de que esta mudança será positiva para o propósito do projeto”, destacou o presidente da Ascnor, Flávio Haas.

Durante a Assembleia, Haas relembrou o dia 25 de abril de 2008, data que ficou marcada na história de Santa Cruz do Sul e do Vale do Rio Pardo, com o início do Projeto Santa Cruz Novos Rumos. “Naquela ocasião, reunimos mais de 300 lideranças locais e regionais com o objetivo de discutir formas de desenvolvimento econômico para nossa região. Passamos o dia envolvidos nesta gratificante missão, pensando na necessidade de diversificação, mas também reconhecendo a importância da manutenção da cadeia produtiva do tabaco”, destacou o dirigente. Durante o planejamento, com a consultoria da Pólo RS, foram elencadas as oportunidades nas áreas de Logística, Turismo e Agronegócio. “A implementação dos Fóruns, com importante participação e envolvimento da comunidade, foi decisiva para o projeto”, completou.

Desde 2008, o projeto foi mantido financeiramente por um grupo de empresas locais. “O apoio destas empresas que compõem nosso quadro de associados foi fundamental, tanto financeiro como operacionalmente. Por esta disposição e visão de futuro, só temos que agradecer”, enfatizou Haas. “Não estamos abandonando a ideia que foi semeada em 2008. Estamos apenas fazendo um pequeno transplante, buscando novas fontes de energia, que nos permitam um resultado ainda melhor, sempre com o envolvimento da nossa Comunidade e em seu benefício”, concluiu.

Para o presidente da Assemp, Léo Henrique Schwingel, a incorporação do Projeto Santa Cruz Novos Rumos está alinhada aos objetivos da entidade, de contribuir para o desenvolvimento econômico e social do município. “Temos a estrutura e disposição necessárias para contribuir com esta importante iniciativa. Vamos reforçar a nossa atuação com foco nos projetos em andamento, que são fundamentais para o desenvolvimento do município e da região”, destacou Schwingel.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *